Showing posts tagged with: Brasil
20jun
Derek Miller, vice-presidente da IHA, fala sobre a história e a importância do Prêmio gia
ABCasa Fair

Desde a sua criação, no ano 2000, o IHA Global Innovation Awards (gia), da International Housewares Association, cresceu rapidamente para se tornar uma das honrarias de maior prestígio no varejo de utilidades domésticas.

Até o momento, mais de 400 varejistas, de cerca de 50 países, em seis continentes, experimentaram em primeira mão o que significa ganhar o gia em seu país e viajar para Chicago para competir nas finais globais do International Home + Housewares Show.

Para ajudar os varejistas brasileiros a entender melhor como o gia ganhou estatura para se tornar uma honra tão valiosa, recentemente entrevistamos Derek Miller, vice-presidente de marketing global da International Housewares Association (IHA). Juntamente com o International Home + Housewares Show, o IHA é o patrocinador global do gia.

Por que o IHA criou o gia?

Derek: Sentimos a necessidade de fornecer reconhecimento nacional e mundial pela excelência no varejo de utilidades domésticas. Uma extensa pesquisa no final dos anos de 1990 indicou que não havia nenhum prêmio especialmente criado para homenagear os varejistas por suas realizações em alcançar o consumidor com práticas de negócios inovadoras e exibições criativas de merchandising visual.

Quando o gia foi oficialmente lançado?

Derek: Lançamos oficialmente o gia no International Home + Housewares Show, em 2000, juntamente com 13 parceiros de publicações comerciais de housewares inaugurais de todo o mundo. Os primeiros prêmios foram concedidos a varejistas dos cinco continentes na Feira Internacional de Utilidades Domésticas e Utilidades Domésticas de 2001.

Quantos países temos atualmente no gia?

Derek: Atualmente, temos 29 patrocinadores do gia, publicações sobre comércio de utilidades domésticas, gerenciamento de programas nacionais em seus países e territórios. Juntas, essas revistas alcançam varejistas em mais de 50 países. E a lista de participantes continua crescendo a cada ano.

Qual é o papel da International Home + Housewares Show no programa global da gia?

Derek: Uma vez que cada patrocinador nacional escolheu seu vencedor anual, o processo do gia global começa em Chicago. Ela culmina em nosso Show, em março, onde todos os vencedores são amplamente honrados. Além disso, o Júri de Especialistas Globais seleciona até cinco homenageados globais do gia.

Por que um varejista deve participar do gia?

Participar do gia é um ótimo processo de aprendizado. Muitos vencedores nos disseram que uma das coisas mais benéficas em participar é que trabalhar com as informações e materiais do gia realmente fez com que eles dessem uma olhada em seus negócios – o que eles fazem certo e o que ainda poderiam fazer melhor, tudo nos processos e detalhes.

O que também é visto como muito benéfico são as várias oportunidades educacionais e de benchmarking na International Home + Housewares Show, em Chicago. Networking com os outros varejistas de gia de todo o mundo e as discussões e conselhos dos jurados especializados trazem novas ideias e inspiração – ferramentas para desenvolver ainda mais o negócio.

Além disso, ganhar o Prêmio gia significa que sua loja é globalmente reconhecida e recompensada por inovação e excelência, e que sua empresa pertence ao grupo dos melhores varejistas de utilidades domésticas em todo o mundo. Então, é um grande encorajamento e, muitas vezes, um abridor de portas.

Como um varejista pode melhorar suas chances de ganhar o gia?

O Prêmio gia foi criado com o objetivo de promover a inovação e a excelência no varejo de utilidades domésticas em todo o mundo. Os critérios de avaliação incluem várias categorias de negócios:

  • Missão geral, visão e estratégia
  • Design e layout da loja
  • Visual merchandising, displays e vitrines
  • Marketing, publicidade e promoções
  • Atendimento ao cliente e treinamento de equipe
  • Inovação

Então, na verdade, trata-se de todos os aspectos do varejo, sendo a inovação a palavra-chave: como você está inovando nas práticas de negócios, desde atendimento ao cliente até campanhas de marketing e de acessórios de loja até exibições de produtos. O importante, é claro, é que os varejistas que participam realmente analisem seus negócios e contem sobre as inovações que fazem, incluindo exemplos de campanhas promocionais criativas ou formas especiais de motivar a equipe, por exemplo.

Além disso, é muito importante fornecer boas fotos da loja e as melhores exibições. Além de visual merchandising e displays sendo um elemento importante no julgamento geral da competição, há um prêmio especial global para este componente, o prêmio Martin M. Pegler de Excelência em Visual Merchandising.

Por que é tão prestigioso pertencer ao clube dos vencedores do gia?

Derek: Os vencedores nacionais do gia são verdadeiramente os maiores varejistas de utilidades domésticas em seus respectivos países. Primeiro, eles recebem um amplo reconhecimento nacional por suas realizações. Em seguida, convidamos os vencedores para irem a Chicago, para nosso Show, onde serão homenageados em um palco global. Há uma exclusiva e elegante noite de gala, uma exibição de fotos especiais no piso da exposição e banners grandes mostrando as melhores configurações de visual merchandising de cada vencedor. Além disso, os vencedores se beneficiam da extensa exposição à imprensa global, além da chance de interagir com os melhores entre os varejistas de utilidades domésticas. Os vencedores nos dizem repetidas vezes qual foi o impacto positivo que um vencedor do gia teve em seus negócios.

Quanto tempo é preciso para coordenar o gia?

Derek: É realmente um processo de um ano. Uma vez que os patrocinadores nacionais tenham escolhido seus vencedores, os portfólios dos varejistas são enviados para o júri global, que posteriormente selecionará até cinco gia Global Honorees no International Home + Housewares Show, em março. Ao mesmo tempo, nós da IHA planejamos todas as atividades e eventos do gia em nosso Show e coordenamos os itinerários de viagem dos vencedores.

Por último, que mensagem especial você tem para os varejistas brasileiros?

Derek: Eu quero encorajar os mais inovadores varejistas de artigos para o lar a se apresentarem e participarem do programa gia Brasil para que o melhor dos melhores tenha a oportunidade de competir no programa global do gia. É uma experiência altamente gratificante e estimulante ser um vencedor nacional da gia e desfrutar de todas as honras em Chicago, no International Home + Housewares Show, que acontece entre os dias 2 e 5 de março.

As inscrições para o Prêmio gia podem ser feitas no site www.premiogia.com.br.

Leia Mais


19jun
Prêmio gia: Brasil poderá ter a melhor loja de artigos para casa do mundo
ABCasa Fair

ABCasa assume a organização da etapa nacional da tradicional premiação anual realizada pela IHA, dos Estados Unidos

Lojas de todo o Brasil poderão participar da maior premiação mundial do varejo de artigos para casa. Trata-se do Prêmio gia (Global Innovation Awards), cuja etapa nacional estará, a partir da próxima edição, a cargo da ABCasa – Associação Brasileira de Artigos para Casa, Decoração, Presentes, Utilidades Domésticas, Festas e Flores.

O Prêmio gia foi criado em 2000 pela IHA (International Housewares Association), sediada nos Estados Unidos. Reunindo cerca de 40 países, a premiação tem como principal objetivo estimular a evolução do setor, analisando características específicas visando, principalmente, a inovação.

Realizado anualmente, o Prêmio gia acontece em duas etapas: nacional e internacional. A etapa nacional é realizada por uma publicação ou associação responsável em cada país – o que, no Brasil, será responsabilidade da ABCasa.

Para a etapa internacional, todas as lojas vencedoras dos países participantes são avaliadas por um júri especializado, onde cinco estabelecimentos são premiados como as melhores lojas de varejo de produtos de artigos para casa do mundo, recebendo o Prêmio gia Global Honorees.

Etapa nacional

A etapa brasileira do Prêmio gia será realizada em duas fases: os cinco finalistas nacionais serão conhecidos durante a próxima edição da ABCasa Fair, maior feira da América Latina de artigos para casa, decoração, presentes, utilidades domésticas, festas e flores, que acontecerá entre 17 e 21 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). O evento terá, inclusive, um lounge totalmente dedicado à premiação.

As lojas inscritas serão julgadas por uma comissão formada por profissionais qualificados do segmento, que vão analisar as seguintes categorias: Missão, Visão e Estratégia; Design e Layout da Loja; Visual Merchandising; Vitrines e Displays; Marketing, Publicidade e Promoções; Atendimento ao Cliente e Treinamento de Equipes; e Inovação.

A segunda fase virá em setembro, quando será realizado um jantar de gala para divulgação da loja que será a grande vencedora.

A loja campeã garante uma viagem para a feira International Home + Housewares Show, que acontecerá entre 2 e 5 de março de 2019, em Chicago, e sediará a etapa mundial do Prêmio gia, onde serão conhecidos os cinco vencedores.

“Não medimos esforços para trazer o Prêmio gia ao Brasil. Será uma premiação muito séria, com profissionais de renome no júri e uma grande festa para reconhecer as melhores lojas do Brasil. Os vencedores terão visibilidade internacional, concorrendo com estabelecimentos do mundo inteiro, tornando-se referência do setor”, explica o presidente da ABCasa, Renato Orensztejn.

Mais informações sobre o Prêmio gia poderão ser encontradas no site www.premiogia.com.br.

Leia Mais


11jun
Novo cadastro positivo deverá inserir R$ 1 trilhão na economia brasileira
Economia

No início de maio, a Câmara dos Deputados votou a proposta que torna obrigatória a inclusão de consumidores e empresas no cadastro positivo. O texto-base foi aprovado com o voto favorável de 273 deputados e 150 votos contrários, mas as principais alterações ainda dependem de confirmação, quando serão votados os destaques e as emendas à proposta.

Female keyboard computer desk fingers

O cadastro positivo já existe desde 2011, com participação voluntária. Os dados sobre pagamentos dos consumidores são repassados a empresas, que formulam uma nota com base na adimplência e inadimplência. O objetivo é permitir que bons pagadores acessem juros menores a partir da sua nota.

A proposta tem como ponto mais polêmico a segurança dos dados dos consumidores. Para a oposição, haverá quebra de sigilo bancário com o repasse obrigatório de dados financeiros e sobre pagamentos. Os deputados favoráveis à proposta, no entanto, afirmam que os dados serão resguardados e que haverá redução na taxa de juros aos bons pagadores.

Para tentar vencer a resistência dos opositores, o relator da proposta, deputado Walter Ihoshi (PSD-SP), apresentou duas mudanças de última hora. A primeira delas é que o Banco Central deverá encaminhar ao Congresso Nacional, dois anos após a vigência da lei, relatório sobre os resultados alcançados com as alterações no cadastro positivo, para fins de reavaliação legislativa. A intenção é avaliar se haverá redução dos juros oferecidos ao consumidor.

A outra mudança torna responsáveis solidários, por eventuais danos morais aos consumidores, o banco de dados, a fonte da informação e a pessoa física ou jurídica que consultou os dados.

Como funciona o Cadastro Positivo

De acordo com a FecomercioSP, pesquisa da Serasa Experian aponta que o Cadastro Positivo deve inserir até 22 milhões de consumidores no mercado de crédito e mais de R$ 1 trilhão na economia brasileira. A inclusão de mais pessoas e a ampliação do crédito para quem já está no mercado têm potencial de baixar os juros dos empréstimos e dos financiamentos.

Como o Cadastro Positivo amplia o volume de informação sobre o consumidor, diminui-se o risco da oferta de crédito, o que possibilita juros mais baixos. Nesse sentido, as instituições financeiras poderão avaliar a concessão de crédito com base em uma pontuação (score) mais bem fundamentada.

Vale ressaltar que o novo modelo do Cadastro Positivo não altera a legislação vigente, que protege a privacidade do cidadão. A diferença é que, enquanto o modelo atual condiciona a abertura do cadastro conforme a autorização do consumidor, o novo modelo inclui todos de uma vez, de modo que aqueles que não quiserem participar precisam solicitar sua exclusão.

Atualmente, o Cadastro Positivo vigente conta com cerca de 6 milhões de inscritos, enquanto a lista de negativados chega a 60 milhões, o que faz com que a política de concessão de crédito leve mais em conta parâmetros negativos do que o histórico positivo dos consumidores.

Sabe onde encontrar as principais marcas, tendências e lançamentos do mercado de artigos para casa, decoração, presentes, utilidades domésticas, festas e flores? Na ABCasa Fair 2018, de 17 a 21 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo. Estamos preparando tudo para oferecer o melhor ambiente para lojistas e profissionais fecharem excelentes negócios. O credenciamento é rápido e gratuito! Clique aqui e inscreva-se!

Leia Mais


Credencie-se para a próxima ABCasa Fair