Showing posts tagged with: Natal
12nov
Natal deve movimentar R$ 53,5 bi na economia, aponta pesquisa CNDL/SPC Brasil
Economia

A maior parte dos brasileiros pretende manter a tradição e ir às compras neste Natal, movimento que promete aquecer as vendas do varejo em 2018. É o que revela pesquisa realizada em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). As projeções permanecem no mesmo patamar do último ano e indicam uma injeção de aproximadamente R$ 53,5 bilhões na economia.

Além disso, espera-se que mais de 110,1 milhões de consumidores presenteiem alguém no Natal de 2018. Em termos percentuais, 72% dos brasileiros planejam comprar presentes para terceiros no Natal deste ano, número que se mantém elevado principalmente nas classes A e B (83%).

Apenas 9% disseram que não vão presentear — 26% porque não gostam ou não têm o costume, 23% por estarem desempregados e 17% por não ter dinheiro — enquanto 19% ainda não se decidiram.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a injeção desse volume de recursos na economia reforça o porquê a data é a mais aguardada do ano para consumidores e comerciantes. “Embora o cenário econômico atual não esteja tão favorável, a expectativa positiva para o Natal dá indícios sobre a disposição dos brasileiros em consumir”, afirma.

Em média, os consumidores ouvidos na pesquisa devem comprar entre quatro e cinco presentes. O valor médio com cada item será de R$ 115,90, sendo maior entre os homens (R$ 136,51). O levantamento também revela que o número dos que pretendem desembolsar entre R$ 101 e R$ 200 com presentes cresceu na comparação com 2017, passando de 10% para 16%. Esse percentual chega a mais de um terço (33%) na faixa acima de 55 anos. Há, contudo, uma parcela considerável de consumidores (33%) que ainda não decidiu qual ao valor a ser desembolsado.

Outro dado que sugere uma disposição maior de consumo para o Natal é que quase um terço (27%) dos entrevistados que compraram presentes em 2017 irá gastar um valor superior este ano — alta de oito pontos percentuais na comparação com o último Natal.

Por mais um ano, as roupas permanecem na primeira posição do ranking de produtos que os consumidores pretendem comprar para presentear no Natal (55%). Calçados (32%), perfumes e cosméticos (31%), brinquedos (30%) e acessórios, como bolsas, cintos e bijuterias (19%), completam a lista de produtos mais procurados para a data.

57% vão pagar presentes à vista; para quem parcela, dívidas vão durar, em média, quatro meses

De acordo com o levantamento, a maioria dos entrevistados (57%) vai optar por uma modalidade de pagamento à vista — percentual que sobe para 61% nas classes C, D e E. Os que vão utilizar alguma modalidade de crédito somam 40% dos compradores, dos quais 26% vão recorrer ao cartão de crédito parcelado, 10% preferem pagar no cartão em parcela única e apenas 2% devem usar o cartão de lojas.

Na média, as compras parceladas serão divididas entre quatro e cinco vezes, o que significa para o consumidor comprometer parte de sua renda com prestações de Natal até a Páscoa do próximo ano. Para 54% das pessoas ouvidas pela pesquisa que irão dividir o pagamento de suas compras, a escolha pelo parcelamento deve-se à falta de condições em comprar todos os presentes de uma única vez, enquanto 29% preferem parcelar para garantir sobras de dinheiro no orçamento e 25% esperam poder comprar presentes melhores.

Participe da quarta edição da ABCasa Fair, sétima maior feira do mundo e maior da América Latina de artigos para casa e decoração. A feira será realizada de 21 a 25 de fevereiro de 2019, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Se você está em busca de tendências e lançamentos do mundo todo reunidos em um só lugar, com a presença das maiores empresas do Brasil, faça seu credenciamento agora mesmo. Você evita filas e garante a melhor experiência de compra do setor, que vai mudar a história de vendas da sua loja. Marque na agenda e acesse o link para o credenciamento: http://abcasa.org.br/credenciamento

Leia Mais


06nov
Uma das maiores tradições do Natal, presépio surgiu na Itália
ABCasa Natal e Festas

Uma das maiores tradições do período natalino é o presépio, representação que remete ao nascimento de Cristo. Diversos associados da ABCasa contam com lindos e variados modelos de presépios em seus portfólios, que serão apresentados na primeira edição da ABCasa Natal & Festas, de 30 de maio a 2 de junho, no Anhembi, na capital paulista.

A origem do presépio data do ano de 1223, na Itália. Naquela ocasião, São Francisco de Assis inovou, indo contra uma lei da igreja que proibia representações litúrgicas. Pedindo dispensa desta obrigação, montou o primeiro presépio em uma gruta, para ajudar os fiéis a entenderem melhor como foi o nascimento de Jesus. Naquela ocasião, foram usados alguns animais vivos, além de figuras de argila.

Já no Brasil, a tradição chegou alguns séculos mais tarde, mais precisamente no ano de 1552. O responsável foi o padre José de Anchieta, que apresentou a representação pela primeira vez aos índios e colonos portugueses.

A partir do século 18, o costume se espalhou por todo o mundo. Normalmente, a estrutura tem alguns elementos fixos, como Menino Jesus, Virgem Maria, José, manjedoura com palhas e gravetos, animais (geralmente burros, bois ou ovelhas), além de anjos, a estrela de Belém e os três reis magos, Melquior, Baltazar e Gaspar.

Cada um destes elementos tem um valor simbólico, como os animais (representando a natureza), a manjedoura (mostrando a simplicidade do local) e a estrela (que foi a luz usada por Deus para indicar o nascimento do salvador).

Assim como a árvore de Natal, o presépio deve ser montado no primeiro domingo do Advento, ou seja, o quarto domingo antes do nascimento de Jesus, 25 de dezembro. Em 2018, a data cai no dia 2 de dezembro.

Já sua desmontagem deve ocorrer em 6 de janeiro, Dia de Reis, quando, segundo a tradição, os Reis Magos teriam visitado o Menino Jesus.

Prepare-se para conferir as últimas novidades em presépios ABCasa Natal & Festas. Com a participação já confirmada das maiores empresas do segmento de eventos, a feira será destinada a lojistas, decoradores, arquitetos, promotores de eventos e todos os profissionais desse setor.

O credenciamento já pode ser feito clicando aqui.

Participe da quarta edição da ABCasa Fair, sétima maior feira do mundo e maior da América Latina de artigos para casa e decoração. A feira será realizada de 21 a 25 de fevereiro de 2019, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Se você está em busca de tendências e lançamentos do mundo todo reunidos em um só lugar, com a presença das maiores empresas do Brasil, faça seu credenciamento agora mesmo. Você evita filas e garante a melhor experiência de compra do setor, que vai mudar a história de vendas da sua loja. Marque na agenda e acesse o link para o credenciamento: http://abcasa.org.br/credenciamento

Leia Mais


05nov
CNC eleva previsão de vendas e empregos para o Natal
Economia

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) revisou a projeção de vendas calculada para o Natal deste ano e estima que a data movimentará R$ 34,5 bilhões, o que representa um avanço de +2,8% na comparação com o mesmo período do ano passado. A previsão de contratação de trabalhadores temporários também aumentou de 72,7 mil para 76,5 mil vagas.

“Além da menor pressão sobre a inflação, nos meses de agosto e setembro de 2018, o mercado de trabalho, lastro do consumo no País, registrou os maiores saldos de geração vagas formais em cinco anos. Naturalmente, com a melhora nas expectativas de vendas, a demanda por trabalhadores temporários no varejo deverá crescer”, aponta Fabio Bentes, chefe da Divisão Econômica da Confederação.

O maior aumento nas vendas deverá ocorrer nos segmentos de hiper e supermercados (R$ 12,3 bilhões), lojas de vestuário (R$ 8,3 bilhões) e de artigos de uso pessoal e doméstico (R$ 5,2 bilhões), ramos que juntos deverão responder por cerca de 75% das vendas natalinas deste ano. O maior aumento real das vendas, contudo, deverá se dar no segmento de cosméticos e perfumarias (+4,3% em relação à mesma data de 2017).

Mais contratações, ainda que tardias

Segundo a CNC, os destaques na oferta de vagas ficarão a cargo dos segmentos de vestuário e calçados (49,6 mil vagas), seguidos por hiper e supermercados (14,1 mil) e pelas lojas de artigos de uso pessoal e doméstico (8,9 mil). Historicamente, vendedores (43%) e operadores de caixa (11%) costumam ser os profissionais mais procurados para o preenchimento das vagas temporárias. Regionalmente, as vagas ofertadas em São Paulo (19,0 mil), Minas Gerais (8,7 mil), Rio de Janeiro (7,6 mil) e Rio Grande do Sul (6,8 mil) vão corresponder a 55% do total de postos a serem criados no Natal de 2018.

“Embora a temporada de contratações no varejo costume ocorrer entre os meses de setembro e dezembro, o agravamento da crise vivida pelo setor nos últimos anos provocou um ‘efeito adiamento’ na demanda por trabalhadores”, comenta o economista.  Antes da crise, em média, 24% das vagas eram preenchidas nos meses de setembro e outubro. A partir de 2015, esse percentual caiu para 14%. Em contrapartida, o mês de dezembro, que costumava concentrar cerca de 14% das vagas temporárias até 2014, passou, nos três últimos anos, a responder por 26% dos postos de trabalho criados para o Natal. A maior parte das contrações continua ocorrendo em novembro, mês em que o varejo preenche cerca de 60% das vagas oferecidas.

De acordo com a Confederação, 22% dos trabalhadores contratados de forma temporária devem ser efetivados após o período de festas – um percentual abaixo do observado no início de 2018 (23,8%), porém acima das taxas observadas durante a recessão (14,4% em 2015 e 15,2% em 2016).

Salários

O salário de admissão deverá alcançar R$ 1.211,00, avançando, portanto, 2,4% em termos nominais na comparação com o mesmo período do ano passado. O maior salário de admissão deverá ser pago pelo ramo de artigos farmacêuticos, perfumarias e cosméticos (R$ 1.479), seguido pelas lojas especializadas na venda de produtos de informática e comunicação (R$ 1.453). Esses segmentos, contudo, deverão ofertar apenas 1,5% das vagas totais a serem criadas no varejo.

Participe da quarta edição da ABCasa Fair, sétima maior feira do mundo e maior da América Latina de artigos para casa e decoração. A feira será realizada de 21 a 25 de fevereiro de 2019, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Se você está em busca de tendências e lançamentos do mundo todo reunidos em um só lugar, com a presença das maiores empresas do Brasil, faça seu credenciamento agora mesmo. Você evita filas e garante a melhor experiência de compra do setor, que vai mudar a história de vendas da sua loja. Marque na agenda e acesse o link para o credenciamento: http://abcasa.org.br/credenciamento

Leia Mais


04out
Saiba quando montar e desmontar a sua árvore de Natal
ABCasa Natal e Festas

O Natal é uma época repleta de tradições e costumes. O ritual de decorar árvores existe há milênios, já que diversas culturas celebravam a temporada de colheita dessa forma.

No começo do século 16, a árvore foi adotada pelo Cristianismo, comemorando o nascimento de Jesus Cristo. Como o costume foi iniciado na Europa, houve a adoção dos pinheiros, bastante comuns naquela região e adequados para serem enfeitados.

Assim, as pessoas passaram a montar árvores em casa, com diversos elementos, como velas (simbolizando a luz de Jesus), estrelas (se referindo à estrela de Belém) e rosas (remetendo à Virgem Maria). Um dos nomes responsáveis pela difusão deste costume foi o líder religioso Martinho Lutero (1483-1546), fundador da Igreja Protestante.

Um momento fundamental para a expansão da prática por todo o mundo se deu na temporada de festas de 1841, quando o príncipe Albert (1819-1861), marido da rainha Vitória (1837-1901), montou uma árvore de Natal em seu palácio, em Londres, no Reino Unido. Como o império vitoriano dominava boa parte do mundo, logo o costume foi espalhado e se tornou mundial.

Em 1931, nasceria mais uma grande tradição: a árvore do Rockefeller Center, o maior marco do Natal de Nova York, nos Estados Unidos. Presente especialmente em filmes e programas de TV desde então, o item se tornou um grande ícone.

Muita gente fica em dúvida sobre o dia apropriado para começar a enfeitar a casa e montar a árvore. Segundo a tradição cristã, a data recomendada para o início dos preparos é o primeiro domingo do Advento, ou seja, o quarto domingo antes do nascimento de Jesus, 25 de dezembro. Em 2018, a data cai no dia 2 de dezembro.

Prefira o pinheiro permanente, assim a sua árvore vai estar inteirona na noite de Natal. Segundo os costumes religiosos, o ideal é ir preparando a casa de maneira gradual até o dia 24 de dezembro. Na véspera do Natal, os enfeites devem se completar, com o Menino Jesus sendo colocado no presépio.

No dia 6 de janeiro, Dia de Reis, quando, segundo a tradição, os Reis Magos teriam visitado o Menino Jesus, deve ser feito o desmonte das decorações natalinas.

Tendências

Novidades e tendências em artigos para festas poderão ser vistas na primeira edição da ABCasa Natal & Festas, que será realizada de 30 de maio a 2 de junho, no Anhembi, em São Paulo (SP).

A feira é uma promoção da ABCasa – Associação Brasileira de Artigos para Casa, Decoração, Presentes, Utilidades Domésticas, Festas e Flores, que já realiza, duas vezes por ano, com grande sucesso, a ABCasa Fair, maior feira do segmento da América Latina.

Com a participação já confirmada das maiores empresas do segmento de eventos, a ABCasa Natal & Festas será destinada a lojistas, decoradores, arquitetos, promotores de eventos e todos os profissionais desse setor, que registra excelentes números anuais.

Leia Mais


28set
Consumidor pretende antecipar compras de Natal na Black Friday
ABCasa Natal e Festas

De acordo com previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as vendas no período do Natal deverão crescer 2,3% em todo o Brasil. Por isso, muitos consumidores estão de olho na Black Friday para antecipar suas compras de fim de ano.

Segundo revela uma pesquisa divulgada pelo site comparador de preços Zoom, 95% dos consumidores desejam comprar na Black Friday, que neste ano cairá em 23 de novembro, sendo que 62% pretendem antecipar as compras de Natal como estratégia para economizar e 57% disseram que vão gastar mais de R$ 1.000 na promoção anual.

A pesquisa ainda revela que 67% dos entrevistados não desejam comprometer o 13º salário com compras; 58% dizem que fizeram uma reserva para aproveitar as promoções e que para 77% dos consumidores, o preço é o fator determinante para fechar a compra.

As categorias de produtos mais desejadas são: eletrônicos (53%), eletrodomésticos (52%), celulares/smartphones (50%), artigos de informática (38%) e itens de casa e decoração (23%).

Segundo Thiago Flores, CEO do Zoom, a Black Friday já está consolidada no mercado brasileiro. Na pesquisa desse ano, assim como nos anteriores, mais de 90% dos participantes afirmaram que pretendem aproveitar a data. “Isso mostra que os varejistas já estão com operações maduras para apresentar descontos expressivos durante o evento”, explica.

Vale ressaltar que, a partir de 2019, o mercado de Natal e festas ganhará um novo evento. Trata-se da ABCasa Natal & Festas, que terá sua primeira edição promovida entre 30 de maio e 2 de junho, no Anhembi, em São Paulo (SP).

A iniciativa é da ABCasa – Associação Brasileira de Artigos para Casa, Decoração, Presentes, Utilidades Domésticas, Festas e Flores, que já realiza, duas vezes por ano, com grande sucesso, a ABCasa Fair, maior feira de artigos para casa e decoração da América Latina.

Com a participação já confirmada das maiores empresas do segmento, a ABCasa Natal & Festas será destinada a lojistas, decoradores, arquitetos, promotores de eventos e todos os profissionais desse setor, que registra excelentes números anuais.

Leia Mais


Credencie-se para a próxima ABCasa Fair