Showing posts tagged with: varejo
10abr
Pequenos do varejo continuam com a intenção de investimento
Restritos

Os micro e pequenos empresários (MPEs) do varejo continuam com apetite de investir, mostra a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Assim como em janeiro, os indicadores de fevereiro revelam que 41% desses empresários pretendem investir em seus negócios nos próximos três meses, alta de 8% em relação ao mesmo mês em 2018. Por outro lado, 38% não planejam fazer qualquer tipo de movimento nesse sentido e 21% ainda não sabem se o farão.

O indicador, que mede a propensão de investimento das MPEs, passou de 40,7 pontos em fevereiro de 2018 a 49,0 pontos em fevereiro de 2019, alta de 20%. Pela metodologia, quanto mais próximo de 100, maior a propensão para o investimento. Quanto mais próximo de zero, menor intenção.

Entre os empresários que devem investir, 55% objetivam elevar vendas, 30% buscam atender ao aumento da demanda e 26% querem adaptar a empresa às novas tecnologias. A principal finalidade para esses recursos será a compra de equipamentos (37%).

Em seguida, 25% buscam reformar a empresa e 19% ampliar seus estoques. Questionados sobre a origem dos recursos para investimento, 52% mencionam o capital próprio mantido na forma de poupança; 15% o capital próprio oriundo da venda de algum bem e 23% os empréstimos em bancos e financeiras.

Financiamento

A propensão dos pequenos em tomar crédito teve um leve recuo de 5% em relação a janeiro de 2019. Em fevereiro, o indicador que mede a demanda por crédito registrou 24,0 pontos contra 25,1 do mês anterior; e 20,0 pontos em fevereiro de 2018, o que significa um avanço de 20% ante 2018.

O empréstimo encabeça a lista de modalidades que devem ser contratadas, com 52% das menções. Em segundo lugar vem o financiamento (30%) e em terceiro o cartão de crédito empresarial (10%). As finalidades do crédito são o capital de giro (36%); a ampliação do negócio (30%) e a compra de equipamentos (29%).

O levantamento apontou ainda que 32% consideram o processo de contratação de crédito difícil ou muito difícil, enquanto 23% acham fácil ou muito fácil e 15% não consideram nem fácil e nem difícil.

Entre os que não pretendem contratar crédito, 45% alegaram que conseguem manter o negócio com recursos próprios, 37,1% mencionaram que no momento a empresa não tem necessidade e 23% consideram os juros elevados.

Questionados sobre os entraves para contrair crédito, 62% dos que consideram a contratação difícil apontam como principais problemas a burocracia e as exigências dos bancos. Para 43%, os juros altos são um grande impeditivo.

Já entre os que consideram fácil a obtenção de crédito, 54% citam o bom relacionamento com as instituições financeiras. Já 31% mencionam o fato de ter as contas em dia, enquanto 20% apontam o tempo de existência da empresa como item importante.

Fonte: DCI

Leia Mais


02abr
Inscrições para a etapa nacional do Prêmio Gia foram abertas durante a ABCasa Fair
ABCasa

Durante a quarta edição da ABCasa Fair, realizada de 21 a 25 de fevereiro, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP), foram abertas as inscrições para a etapa nacional do Prêmio gia 2019, a maior premiação mundial do varejo de artigos para casa.

Realizada desde 2000 pela IHA (International Housewares Association), dos EUA, a premiação reúne mais de 40 países. Desde 2018, a ABCasa (Associação Brasileira de Artigos para Casa, Decoração, Presentes, Utilidades Domésticas, Festas e Flores) passou a ser a responsável pela organização da etapa brasileira.

As lojas interessadas em participar poderão fazer suas inscrições através do site www.premiogia.com.br. Os lojistas presentes na ABCasa Fair tiraram todas as suas dúvidas sobre a premiação no lounge montado na feira.

Como ocorre anualmente, o Prêmio gia será organizado em duas etapas: nacional e internacional. O prêmio tem como principal objetivo estimular a evolução do setor, analisando características específicas visando, principalmente, a inovação.

Entre os benefícios da participação estão o reconhecimento nacional como a melhor loja do varejo de artigos para casa; o estabelecimento de networking com as demais lojas; e a participação na etapa internacional, concorrendo com marcas de todo o mundo.

Para a segunda fase, todas as lojas vencedoras dos países participantes serão avaliadas por um júri especializado, onde cinco estabelecimentos serão premiados como as melhores lojas de varejo de produtos de artigos para casa do mundo, recebendo o Prêmio gia Global Honorees.

Tania Bulhões venceu em 2018

Mais de 200 lojas de todo o Brasil que se inscreveram para o Prêmio gia no ano passado. As cinco finalistas nacionais foram selecionadas e apresentadas na edição de agosto da ABCasa Fair.

A grande vencedora foi conhecida em setembro, em evento realizado no Museu da Casa Brasileira. Tania Bulhões foi eleita a melhor loja de artigos para casa do Brasil, seguida, por ordem de premiação, pelas lojas Pinheirense, Doural, Maria Pia Casa e Spicy.

A Tania Bulhões ganhou o direito de representar o Brasil na etapa final do concurso, na International Home + Housewares Show, que aconteceu em Chicago (EUA) entre os dias 02 e 05 de março.

“Há muita dedicação e empenho em tudo o que envolve a marca Tania Bulhões e sua cadeia de produção, da criação autoral de produtos à minuciosa operação de nossa rede de lojas próprias”, afirma Virgilio Castro Cunha, CEO da empresa. “Além do retorno em resultados de vendas e satisfação do cliente, o reconhecimento especializado do próprio setor, representado pela ABCasa neste prêmio, é uma recompensa de todos os esforços e nos aponta o caminho certo!”, finaliza.

Participe da primeira edição da ABCasa Natal & Festas, promovida pela ABCasa – Associação Brasileira de decoração, artigos para casa, decoração, presentes, utilidades domésticas, festa e flores – representante oficial do setor. A feira será realizada de 30 de maio a 2 de junho, no Pavilhão Anhembi. A Natal & Festas te colocará em contato com as maiores empresas do segmento, além de revelar as principais tendências e lançamentos do país e do mundo. A estrutura terá o mesmo padrão de atendimento e serviços da ABCasa Fair. Saia na frente e faça o seu credenciamento agora mesmo pelo site https://abcasanatalefestas.com.br/credenciamento/.

Leia Mais


14mar
Pensando em expandir seus negócios? As cidades médias podem ser uma excelente oportunidade
Dicas e Tendências

Não é novidade que cidades menores estão atraindo cada vez mais redes varejistas. Não por um acaso, algumas das maiores marcas estão criando projetos específicos para esses locais, como é o caso da Via Varejo e da Casas Bahia, que inauguraram um novo formato de loja destinado às cidades de até 70 mil habitantes. Nelas, os consumidores podem realizar suas compras online e depois retirar os produtos no estabelecimento físico, processo conhecido como pick-up store.

O mercado de artigos para casa também está nessa onda de expansão para cidades interioranas. Dados da pesquisa setorial IEMI de 2017 apontam que regiões fora de grandes centros urbanos são uma boa aposta para quem pensa em expandir os negócios ou abrir algo novo no segmento de casa e decoração.

Segundo o estudo realizado em parceria com a ABCasa, dos 5.570 municípios que comercializavam produtos para casa, decoração, presentes, utilidades domésticas, festas e flores em 2017, 150 eram responsáveis por cerca de 60% do consumo nacional destes artigos. Além das grandes capitais, nesse número também aparece um grupo de cidades de médio porte que vem sendo consideradas nas estratégias de expansão de grandes marcas.

Separamos em um material, as 150 cidades presentes no estudo e o percentual de consumo de cada uma delas com artigos para casa e decoração em 2017.

    Clique aqui para ver a lista completa.

    A pesquisa IEMI também apontou que 27% das unidades de varejo do setor de artigos para casa estão em municípios de até 50 mil habitantes e 48% estão em 642 municípios considerados médios.

    Alguns dos fatores que explicam essa relevante concentração de lojas do setor em cidades menos são:

    Menos Custos

    Projetos específicos e estratégias que valorizem o perfil de consumo do cliente local fazem com que empresas economizem nessas áreas. O investimento nesses casos precisa ser certeiro e a escolha de produtos de estoque e categorias atendidas pela loja deve levar em consideração os hábitos e preferências da população.

    Fidelização do cliente

    Um excelente atendimento é um dos fatores que mais fidelizam o cliente à uma marca em qualquer lugar. Em regiões menores, a interação e relacionamento com os consumidores são essenciais para a criação da imagem da empresa. Nesses locais, o efeito boca-a-boca tem grande relevância e a primeira impressão realmente importa.

    Menos concorrência

    Apesar dessa expansão dos últimos anos, o número de lojas concorrentes nestes locais continua bem menor do que em grandes centros, o que reflete também no faturamento das marcas.

    Apesar de todo potencial das cidades menores, ainda é necessário analisar quais delas oferecem as melhores oportunidades de negócios para o segmento de cada empresa. Nesse sentido, a pesquisa setorial do IEMI apresentou um índice bastante valioso, o IPC.

    De maneira geral, o IPC indica quanto as famílias brasileiras gastaram em média com artigos para casa e decoração em 2017. Para os municípios com mais de 1 milhão de habitantes, a cada R$ 100, R$30 eram gastos neste mercado naquele ano. Nos municípios menores (até 50 mil habitantes) o valor chegou a R$ 22 e, para as cidades médias, os gastos alternavam entre R$7 e R$14.

    A área de Inteligência de Mercado da ABCasa promove e desenvolve estudos como a pesquisa setorial, que mostram uma visão geral do setor de artigos para casa, apontando as principais oportunidades de negócios, perfil de consumo e regiões propícias para investimento.

    Participe da primeira edição da ABCasa Natal & Festas, promovida pela ABCasa – Associação Brasileira de decoração, artigos para casa, decoração, presentes, utilidades domésticas, festa e flores – representante oficial do setor. A feira será realizada de 30 de maio a 2 de junho, no Pavilhão Anhembi. A Natal & Festas te colocará em contato com as maiores empresas do segmento, além de revelar as principais tendências e lançamentos do país e do mundo. A estrutura terá o mesmo padrão de atendimento e serviços da ABCasa Fair. Saia na frente e faça o seu credenciamento agora mesmo pelo site https://abcasanatalefestas.com.br/credenciamento/.

Leia Mais


08mar
Varejo paulista cresceu 5,3% em 2018, com destaque para o setor de casa e decoração
Economia

As vendas do comércio varejista no Estado de São Paulo atingiram R$ 69,8 bilhões em dezembro, alta de 4% em relação ao mesmo período de 2017. Trata-se da maior cifra para um mês de dezembro desde o começo da série histórica, em 2008. No ano passado, o faturamento real do setor aumentou 5,3%, o que representa um montante de R$ 34,2 bilhões a mais do que o obtido no período de janeiro a dezembro de 2017.

Os dados são da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PCCV), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base em informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP).

Das nove atividades pesquisadas, oito registraram expansão em seu faturamento real no comparativo anual, com destaque para os setores de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamento (7,8%) e supermercados (5,3%). Juntos, contribuíram para o resultado geral com 2,4 pontos porcentuais (p.p.).

As lojas de móveis e decoração tiveram crescimento de 12,9% em dezembro de 2018 quando comparado ao mesmo mês do ano anterior e subida de 11,4% no acumulado nos últimos 12 meses.

Conforme previsão da FecomercioSP, dezembro foi o melhor mês de toda a série histórica, iniciada em 2008. Assim, o varejo paulista encerrou 2018 com elevação das taxas anuais nas 16 regiões do Estado e em todas as atividades pesquisadas. Foram destaques no desempenho das vendas os segmentos de bens duráveis, móveis e eletrônicos e eletrodomésticos, com crescimento médio de 7%, enquanto os outros grupos registraram em torno de 4% de aumento.

Segundo a Federação, os dados apontam que as famílias não estão comprando somente o essencial, mas também voltaram a adquirir objetos domésticos – que sofreram queda de até 45% no período de instabilidade. Resultado do bom momento nas variáveis econômicas, como recuperação do emprego, juros mais baixos, inflação controlada, entre outros. Além disso, nos últimos dois anos, foi consolidado o ciclo de recuperação da crise que houve entre 2014 e 2016, visto que a última queda mensal registrada pelo comércio paulista foi em novembro de 2016.

Expectativa

Para a Entidade, o ambiente econômico está positivo e tende a melhorar em 2019 com os encaminhamentos e as aprovações das principais reformas, como a da Previdência e a Tributária, que devem contribuir para o ajuste das contas públicas e para a inflação mais controlada. Dessa forma, o mercado será alavancado por investimentos externos e internos, dando continuidade à abertura de crédito e ao aumento do consumo.

Contudo, a FecomercioSP orienta o empresário a ter mais atenção ao período de discussão desses projetos políticos, pois pode influenciar na alta do câmbio, elevando os preços dos produtos e, consequentemente, a inflação. Por isso, enquanto as reformas não forem aprovadas, é preciso ter ainda mais controle de fluxo de caixa, estoques, receitas e despesas.

Capital paulista

Em dezembro, as vendas do varejo na capital paulista registraram alta de 3,2% em relação ao mesmo mês de 2017, atingindo R$ 22 bilhões, a segunda maior cifra para um mês de dezembro desde 2008. Em 2018, a elevação foi de 4,1%, o que representa um incremento de R$ 8,5 bilhões em comparação ao apurado entre janeiro e dezembro de 2017.

No mês, todas as nove atividades pesquisadas obtiveram expansão em seu faturamento real no comparativo anual, com destaque para os grupos de lojas de materiais de construção (9%) e supermercados (4,4%) Juntos, contribuíram para o resultado geral com 1,9 pontos porcentuais (p.p.).

Participe da primeira edição da ABCasa Natal & Festas, promovida pela ABCasa – Associação Brasileira de decoração, artigos para casa, decoração, presentes, utilidades domésticas, festa e flores – representante oficial do setor. A feira será realizada de 30 de maio a 2 de junho, no Pavilhão Anhembi. A Natal & Festas te colocará em contato com as maiores empresas do segmento, além de revelar as principais tendências e lançamentos do país e do mundo. A estrutura terá o mesmo padrão de atendimento e serviços da ABCasa Fair. Saia na frente e faça o seu credenciamento agora mesmo pelo site https://abcasanatalefestas.com.br/credenciamento/.

Leia Mais


01mar
SMS ainda é uma ferramenta altamente efetiva de comunicação com o cliente, diz pesquisa
Dicas e Tendências

As novidades tecnológicas surgem diariamente e, tratando-se de redes de relacionamento virtual, as opções são inúmeras. Visto a afetividade de tais mecanismos para criar um elo de relação com consumidores, o mercado se utiliza dessas ferramentas para elevar os resultados dos negócios.

E-mail, WhatsApp, Instagram e Facebook são a primeiras redes que vêm à cabeça quando a ideia é divulgar marcas e ações, mas segundo pesquisas, mesmo estando no mercado há décadas, o SMS não se tornou um canal obsoleto e ainda é uma ferramenta altamente efetiva para se manter conectado com o cliente.

O dinamismo do SMS é um dos maiores atrativos para o consumidor. Segundo a Commify, que realizou o estudo com 686 empresas, 90% das mensagens recebidas via SMS são lidas em até três minutos e têm entre seis e oito vezes mais retorno que e-mails marketing. Já segundo a empresa Zenvia, 90% dos brasileiros aceitariam receber SMS marketing.

Para o empreendedor, as vantagens também são numerosas: é um canal sem restrições; todos os aparelhos e operadoras recebem, tem baixo custo, diversas funcionalidades; podem ser enviados em diversas ocasiões, como promoção, convite e informativo; é fácil de implementar; e não exige não de obra específica.

Mesmo revelando uma ótima taxa de leitura, é necessário que ele seja utilizado com sabedoria, sem que seja maçante para o consumidor. Os entrevistados revelaram que desejam receber conteúdo relevante e com linguagem direta.

Participe da primeira edição da ABCasa Natal & Festas, promovida pela ABCasa – Associação Brasileira de decoração, artigos para casa, decoração, presentes, utilidades domésticas, festa e flores – representante oficial do setor. A feira será realizada de 30 de maio a 2 de junho, no Pavilhão Anhembi. A Natal & Festas te colocará em contato com as maiores empresas do segmento, além de revelar as principais tendências e lançamentos do país e do mundo. A estrutura terá o mesmo padrão de atendimento e serviços da ABCasa Fair. Saia na frente e faça o seu credenciamento agora mesmo pelo site https://abcasanatalefestas.com.br/credenciamento/.

Leia Mais