Visualização de dados: entenda a estrutura de modelos escaneáveis de mensuração a partir de elementos visuais

A visão é o nosso sentido dominante. Entre 80% e 85% das informações que recebemos, aprendemos ou processamos são mediadas pela visão. E isso fica mais evidente quando trabalhamos com dados ou buscamos relações entre centenas de variáveis, visando determinar sua importância relativa e buscar novos insights.

Nesse sentido, a visualização de dados por meio de gráficos torna-se uma técnica fundamental, sendo uma das formas mais eficazes e valiosas para o entendimento das informações. Mas, antes de definir qual gráfico é o mais adequado a se utilizar, seja para um relatório ou apresentação, é preciso entender os elementos, sua composição, quais informações serão transmitidas e como o público-alvo irá receber e processar o material. Compreender seus indicadores irá gerar diversas possibilidades para você e os seus negócios. Confira os três tipos de gráficos mais comuns para dados estruturados (formato linha x coluna) e um para dados não estruturados (texto, imagem, vídeo etc.).

Gráfico de Linha

Pode ser considerada a técnica de visualização de dados mais simples. Um gráfico de linha é usado para traçar o relacionamento ou a dependência de duas variáveis.

Gráfico de Colunas ou Barras

Gráficos de colunas ou barras são usados ​​para comparar as quantidades de diferentes categorias ou grupos. Os valores de uma categoria são representados com a ajuda de barras e podem ser configurados de forma vertical (utilizando colunas) ou horizontal (com barras), sendo que a altura ou comprimento de cada barra representa um valor.

Gráfico de Pizza ou Rosca

É uma técnica de visualização bastante popular. Contudo, pode ser difícil de interpretar porque o olho humano apresenta dificuldade em estimar áreas e comparar ângulos visuais. Esses gráficos são usados ​​para comparar as partes de um todo e são mais eficazes quando textos e porcentagens são incluídos para descrever o conteúdo.

Nuvem de Palavras

Um desafio imposto pelo big data é o desenvolvimento de novas técnicas de visualização de dados semiestruturados e não estruturados. Um exemplo é a nuvem de palavras, que representa a frequência de uma palavra dentro de um corpo de texto com seu tamanho relativo sendo destacado na nuvem. Essa técnica é usada com dados não estruturados como uma maneira de exibir palavras de alta ou baixa frequência.

Participe da quinta edição da ABCasa Fair, sétima maior feira do mundo e maior da América Latina de artigos para casa e decoração. A feira será realizada de 16 a 20 de agosto de 2019, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Se você está em busca de tendências e lançamentos do mundo todo reunidos em um só lugar, com a presença das maiores empresas do Brasil, faça seu credenciamento agora mesmo. Você evita filas e garante a melhor experiência de compra do setor, que vai mudar a história de vendas da sua loja. Marque na agenda e acesse o link para o credenciamento: http://www.abcasafair.com.br/

Credencie-se para a próxima ABCasa Fair
shares
X