Top 10 itens essenciais na confeitaria

Vista como uma das partes mais artísticas da gastronomia, a confeitaria é focada no preparo, decoração e apresentação de pratos doces, como bolos, tortas, pudins e biscoitos.

A arte já conquistou o coração de muito brasileiros. Não são poucos os que amam assistir reality shows, seguem páginas de docerias nas redes sociais e se encantam com as vitrines dos cafés.

Para quem quer começar a trabalhar com confeitaria, é importante saber quais são os itens básicos, sem os quais não será possível alcançar bons resultados. A seguir, apresentamos uma lista de 10 itens essenciais na confeitaria, que você precisa ter em sua cozinha para preparar os melhores doces. Confira: 

1 – Balança

balança utilidade doméstica

Utilizada na preparação de bolos, biscoitos e receitas de confeitaria, a balança é um item indispensável para o confeiteiro. Como muitas das receitas exigem uma quantidade exata dos ingredientes, a pesagem destes é essencial. Por isso, o uso do utensílio faz toda a diferença na qualidade dos produtos.

Existem dois tipos de balança: a digital, mais moderna, que tem a opção de descontar o peso do recipiente e possui desligamento automático, e a analógica, para quem quer trazer um tom mais tradicional para a decoração da sua cozinha, abrindo mão da tecnologia.

2 – Medidores

utensílio ddméstico

Na lista de utensílios usados para fazer a medida exata dos ingredientes, destacamos os copos medidores, termômetros, densímetro, bowls e timer, além da balança (já destacada acima). Eles são os responsáveis pelo balanceamento e graduação das receitas.

O copo medidor é um recipiente graduado, que pode ser de plástico transparente rígido ou de vidro. Ele serve para medir alguns ingredientes, em gramas, sem o uso de balança, ou para medir volumes de alguns ingredientes.

Os termômetros são utilizados na cozinha em geral. No caso da confeitaria, há vários tipos, como, por exemplo, o de cozimento, que vai de zero a 120ºC, e serve para medir a temperatura em banho-maria, cremes preparados no fogo e para indicar os pontos de calda do açúcar

Também existe o termômetro para forno, que possui mostrador redondo e graduação variando de 50°C a 300°C. Além desses, existem os digitais de haste, específicos para medir a temperatura no interior dos produtos, e os termômetros a laser, que permitem medir a temperatura em superfícies.

Densímetro ou pesa-xarope é utilizado para medir a concentração do açúcar na preparação de caldas. Em sua haste é indicada a quantidade de açúcar existente na solução. O utensílio deve ser colocado para boiar, e quanto mais açúcar existir na solução, menos o densímetro afundará e vice-versa.

Com a utilização do timer, é possível programar o tempo de cozimento. Ele emite um sinal sonoro assim que o tempo pré-estabelecido for cumprido, o que evita que um determinado produto seja submetido, por exemplo, ao cozimento por um tempo diferente daquele previsto na receita.

3 – Tigela

 

Também conhecidos como “bowl“, são recipientes arredondados usados para misturar massas, tingir coberturas ou fazer outras misturas. São essenciais na separação dos ingredientes da receita. A dica é escolher o utensílio construído em plástico, alumínio ou aço.

A escolha da tigela é fundamental para que a receita dê certo. As pequenas servem para acondicionar os ingredientes já picados e medidos, mas que não entraram na receita, e também para colocar caldas e recheios que não têm tanto volume.

Já nos recipientes maiores é possível reunir todos os ingredientes durante o preparo de sua receita. Nesse caso, é importante que tenham bordas altas para evitar o derramamento e até que o resto da cozinha se suje, caso você use disponha de uma batedeira.

4 – Fouet

O utensílio de palavra francesa, a qual se pronuncia “fuê”, nada mais é do que um batedor de ovos de arame. É mais um utensilio que não pode faltar ao confeiteiro, pois serve para quase a mesma função da batedeira, ou seja, bate, mistura e aera os ingredientes.

No entanto, mesmo que a batedeira seja útil na hora de misturar, existem alguns ingredientes que precisam de pouco ar incorporado na mistura, como os bolos mais fofinhos e aerados. Nesse caso, sem o fouet não tem como prepará-los.

A vantagem de usar o utensílio é que é possível usar pequenas quantidades de ingredientes, além de ter mais controle sobre o ponto exato que deseja deixar a massa ou calda que está preparando.

5 – Forma

Outro acessório que não pode faltar na confeitaria é a forma. `Por isso, vale a pena investir em itens de qualidade. São vários tamanhos, desde as formas de bolo com ou sem fundo falso, até as formas de cupcakes.

A dica é ficar atento ao material do qual elas são feitas. Por exemplo, modelos com ou sem antiaderente, de alumínio fino, silicone e até ferro fundido. Lembrando que para cada uma delas o tempo de forno será diferente.

6 – Ralador

Casquinhas raladas de limão ou laranja dão um perfume especial a bolos, tortas, pães, recheios e até saladas. Mas para chegar ao sabor desejado, é necessário um ralador especial, para que as casquinhas fiquem raladas e sequinhas.

O modelo preferido dos confeiteiros é o zester, específico para frutas cítricas. O acessório tem precisão quase milimétrica e faz com que os aromas e os sabores dados aos pratos através das raspas não sejam comprometidos com o amargor vindo das partes brancas das frutas que seriam raladas com raladores mais potentes.

7 – Peneiras

Muitas receitas de bolo e doces pedem para peneirar a farinha, uma vez que podem existir bolinhas aglomeradas que não se dissolverão quando entrarem em contato com os líquidos. Com a peneira, outro utensílio importante para o confeiteiro, elas se separam.

Como quase todos os ingredientes são secos, ela é útil na hora de retirar grumos de sucos, como, por exemplo, recheios de maracujá. Por isso, é importante ter esse acessório em tamanhos diferentes, tanto em circunferência, quanto no tamanho dos furos.

8 – Espátula

As espátulas, em especial as de silicone, são acessórios que não podem faltar em uma confeitaria. Elas foram desenvolvidas para raspar os potes perfeitamente, para misturar ingredientes frios e quentes e até ajudam a espalhar o recheio do bolo, por exemplo.

Disponibilizado em diversos tamanhos e formatos, o utensílio faz toda a diferença na hora de espatular um bolo, pois deixa a superfície lisinha.

Uma dica importante: em cozinha profissional não podemos usar colheres de pau. Por isso, opte sempre pela espátula de silicone.

9 – Pincel

pincel de cozinha

Um dos itens essenciais na confeitaria é o pincel, que ajuda o confeiteiro a criar lindas texturas. Ele é leve, prático e muito fácil de usar, principalmente nas laterais e na parte de cima do bolo, quando é preciso finalizar a modelagem e deixá-lo lisinho.

10 – Facas

Para a maioria dos chefs, o item mais importante na hora de cozinhar é a faca, uma vez que sem ela é praticamente impossível fazer uma receita de qualidade aplicando as técnicas certas.

No caso da confeitaria é importante ter uma faca grande de fatiar, facas menores para descascar e uma especial para pães. Com essas três facas já é possível aplicar a maioria das técnicas de confeitaria.

E aí, gostou da nossa seleção de itens essenciais na confeitaria? Vai se tornar um confeiteiro? É lojista? Que tal encontrar todos esses itens na Vitrine ABCasa?

Acesse clicando aqui e entre em contato diretamente com os fornecedores!

Mostrar Aviso
shares
X