6 passos para abrir uma papelaria on-line de sucesso

O setor de papelaria está em alta e foi um dos que colheu bons frutos do crescimento do e-commerce. Segundo dados da Neotrust, entre o primeiro trimestre do ano passado e o mesmo período de 2021, as vendas cresceram 31% nas lojas on-line de papelaria

Se antes as papelarias tinham como principal público-alvo crianças e adolescentes e faturavam mais no período de volta às aulas, hoje elas têm fãs de todas as idades e alto volume de vendas durante todo o ano. 

Umas das viradas de chave do setor, foi desenvolver produtos focados em gestão de tempo e produtividade, além de apostar em itens personalizáveis, já que o consumidor moderno costuma ter uma rotina bastante agitada e tende valorizar produtos únicos. 

O segmento que se reinventou, se adaptou ao comportamento do consumidor e às necessidades de mercados e tornou-se promissor para quem quer começar a empreender. 

Por onde começar

Iniciar um negócio, ainda que online, requer pesquisa para lidar com o mercado e os desafios que irão surgir. É verdade que abrir um negócio digital é menos burocrático, mas isso não quer dizer que não requer preparo. É exatamente nesse ponto que muitos empreendedores cometem o erro de negligenciar fases importantes de estruturação e criam empresas que não conseguem se sustentar ou se destacar em meio à concorrência. 

Aposto que você não quer cometer este erro, não é mesmo? Então avance na leitura e veja quais são os 6 passos para abrir uma papelaria online de sucesso.

1° passo: pesquise o mercado

Essa não é uma dica nova, mas muitos empreendedores não dão a devida importância ou deixam para pesquisar tudo depois que o negócio já existe e isso é um grande erro. 

A decisão de abrir uma empresa deve ser tomada com base em dados para diminuir ao máximo os riscos de falência. É necessário analisar se é algo viável. É a partir dessa pesquisa que você entenderá qual o investimento mínimo necessário, mapear possíveis fornecedores e o valor das mercadorias, concorrentes, perfil de clientes e mais. 

Use todo o poder da internet para fazer pesquisas profundas.

2° passo: Planeje-se

Uma empresa funciona como um organismo e para que ela caminhe bem, todas as áreas precisam operar de forma eficiente. 

Para traçar uma estratégia, nada melhor do que elaborar um plano de negócio. Estude, planeje e organize como será a operação de cada área, passando pelo financeiro, operacional, marketing, contabilidade, logística e outras.

Quer uma ajuda com essa tarefa? Confira aqui as dicas que o Sebrae tem para você.

3° passo: Defina um nicho 

Tenha em mente que não é possível atender a todos! 

É natural iniciar um empreendimento e querer aproveitar ao máximo as oportunidades de negócios, mas é exatamente esse comportamento que pode fazer a sua empresa ir por água abaixo. 

Definir um nicho de atuação é o que vai te ajudar a fazer compras assertivas, se comunicar de forma correta, criar ações de acordo com as necessidades do público e muito mais. 

O seu nicho também pode se tornar o seu diferencial. Explore áreas diferentes como as de papelaria temáticas, personalizada, afetiva, para decoração de festa sustentável e etc. 

Use a criatividade e identifique lacunas no mercado com base nas suas pesquisas.

4° passo: Entenda o seu público 

Se você já sabe e já pesquisou sobre o mercado e definiu em qual nicho quer atuar, é hora de entender quem é o seu público-alvo e as preferências dele. 

Público-alvo é a parcela de pessoas com quem você tem objetivo de fazer negócios. Você precisa descobrir informações como faixa etária, gênero, região, profissão e demais informações genéricas que compõem o perfil. 

Depois, você pode criar uma persona que é basicamente um perfil fictício do seu cliente ideal com base em pesquisas mais aprofundadas. Uma pessoa precisa ter nome, idade, profissão, sonhos, desejos, hábitos etc. Precisa ter o máximo de informações específicas possível. 

Com esses dados em mãos, fica mais fácil entender que tipo de produto ou serviço fará sucesso com esses clientes.

5° passo: Encontre referências 

O ideal é que sua empresa tenha uma identidade visual bem definida, bem como uma linha de produtos que conversem entre si e sejam atrativos para o seu público. 

Essa não é uma tarefa fácil, mas uma boa dica é se inspirar em empresas que já estão bem posicionadas no mercado e ir mapeando quais referências têm mais sinergia com a sua ideia de negócio e público. 

Para encontrar referências, faça pesquisas no Pinterest, Instagram e Youtube. Use palavras-chave ou hashtags (#) para pesquisar e para ter bons resultados. 

6° passo: defina canais de comunicação e de vendas 

Agora que você tem boa parte da sua marca estruturada, é hora de definir qual ou quais canais irá utilizar para se comunicar com a sua audiência e promover seus produtos. 

Você já deve saber o quanto as redes sociais são poderosas para atingir esses objetivos e que o Instagram é uma das mais indicadas devido ao seu crescimento constante e funcionalidades focadas em vendas, como o Instagram Shopping. 

Mas vale lembrar que você pode escolher mais de uma rede e que para isso deve levar em consideração em qual delas o seu público-alvo está presente em maior quantidade. Quer saber? Veja aqui.

Em relação à plataforma de e-commerce, você deve avaliar as necessidades do seu negócio e o investimento inicial disponível. Entre as mais indicadas para marcas iniciantes estão a Nuvemshop, Loja Integrada, Wix e Tray.  

Dica bônus: Aproveite ao máximo as sazonalidades e crie produtos e campanhas para datas comerciais como festa junina, natal, ano novo, dias das mães, dias das crianças e outros. Outra dica, é realizar eventos virtuais para promover esses lançamentos.

E aí, gostou dos passos para abrir uma papelaria on-line? Espero que sim. Coloque-as em prática e tire o seu sonho do papel.

Mostrar Aviso
X