Dicas para sua loja se destacar na Cyber Monday

Depois da sexta-feira mais aguardada do ano, a Black Friday (falamos recentemente sobre ela aqui), será a vez de outra data muito importante para o varejo se destacar: a Cyber Monday.

Ao contrário da Black Friday, que teve início no varejo físico, a Cyber Monday, como o próprio nome diz, é fruto do mundo virtual.

Também conhecida como Segunda-Feira Cibernética, a data é voltada para o comércio online e começou a se destacar no Brasil em 2012.

Ao contrário do que o nome pode sugerir, ela não é exclusiva para promoções em produtos cibernéticos ou tecnológicos. Cyber remete apenas à forma de venda.

Quando é celebrada?

A Cyber Monday acontece sempre na primeira segunda-feira após o Dia de Ação de Graças nos EUA (a Black ocorre na sexta-feira a seguir ao feriado). Em 2020, a data cai no dia 2 de dezembro.

Enquanto a Sexta-Feira Negra engloba o varejo físico, a Cyber Monday é exclusivamente para o e-commerce e conta com promoções em brinquedos, itens de moda, acessórios, smartphones, notebooks e muito mais.

Para se ter uma ideia da importância da data para o comércio online brasileiro, em 2019 ela gerou um faturamento de R$ 410 milhões (dados de relatório da Ebit | Nielsen).

Se você conta com um e-commerce da sua loja, aproveite para explorar a data também! Como ela está “colada” à Black Friday, é um momento importante para queimar o estoque que sobrou da sexta-feira!

Confira algumas dicas que preparamos para você!

Planejamento

Planeje suas ações com foco nas duas datas. Estimule as vendas na Black Friday, mas tenha um plano específico para criar ofertas especiais para queimar o estoque e promocionar alguma categoria específica na Cyber Monday.

Lembre-se que ela é uma oportunidade extra, enquanto a Black já é uma data consolidada. Sendo assim, não guarde promoções para a Cyber Monday, pois na sexta-feira sua loja pode perder vendas para o seu concorrente.

Ofertas imperdíveis

Tenha em consideração que os clientes já consumiram seus itens de desejo durante a Black Friday. Desta forma, elabore ofertas imperdíveis.

Os consumidores passam o ano todo pesquisando os produtos que desejam comprar e sabem quando uma promoção realmente vale a pena. Suas ofertas vão se destacar se forem realmente atrativas!

Uma dica é oferecer kits interessantes de produtos a um preço convidativo ou utilizar um item que está em excesso no estoque a uma margem mínima.

Marketplace

Se a sua loja ainda não conta com um e-commerce, que tal apostar nos marketplaces?

Funciona assim: uma grande loja virtual que já possui credibilidade diante dos consumidores disponibiliza a outros lojistas a oportunidade de vender seus produtos no site. Pense nisso!

As principais vantagens dos marketplaces para quem está iniciando as vendas online são diversas:

  • os sites já são muito acessados;
  • o público é fidelizado;
  • os marketplaces possuem um alto investimento em marketing;
  • custo zero em investimento inicial, apenas uma comissão por vendas.

Referências

Outra dica valiosa é ficar de olho na Cyber Monday americana. Se aqui no Brasil ela ainda não tem tanta força, lá onde tudo começou ela é de total relevância para o setor.

Para se ter uma ideia, em 2018 a data quebrou recorde histórico de vendas e faturou US$ 7,9 bilhões, superando a Black Friday naquele ano.

Otimize seus fretes

Por último, mas não menos importante, busque otimizar seus fretes!

De acordo com a pesquisa E-commerce Trends, mais de 80% dos abandonos de carrinho são causados pelo valor do envio.

Uma dica que vamos dar é utilizar a plataforma Melhor Envio, que recentemente firmou uma parceria de negócios com a ABCasa.

Ela é uma intermediadora de frete que possibilita aos lojistas de pequeno e médio porte enviarem seus produtos de maneira prática para clientes de todo o Brasil.

O serviço disponibilizado pela plataforma é gratuito, sem anuidade, taxa de adesão ou contratos individuais; os usuários cadastrados pagam apenas pelo frete gerado pelo sistema.

shares
X