Guia para facilitar a montagem de sua mesa posta

A empresária Ana Carla, especialista em mesa posta e uma das fundadoras do Põe na Mesa Decor, criou um guia prático e fácil para montar lindas mesas para ocasiões especiais ou para compartilhar momentos agradáveis com a família e amigos. Confira!

Mesa Formal

A configuração formal da mesa é popular para casamentos, grandes recepções ou qualquer ocasião em que mais de três pratos sejam servidos. Você também pode encontrar a mesa posta dessa forma em restaurantes sofisticados que servem uma sequência de pratos, no estilo menu degustação. Em uma mesa formal, o prato vem com cada curso, não sendo portanto necessário incluí-lo ao definir a mesa.

De todas as mesas, a formal deve ser a mais simétrica. Dessa forma, a colocação acertada de cada utensílio é um fator de extrema importância, pois inclui muitos deles.

Segundo Emily Post, a simetria também se aplica à decoração da mesa. Por exemplo, se houver um arranjo central, este fica estritamente no meio. Se houver velas na mesa, a quantidade presente deve ser um número par.

O resultado geral de tanto cuidado é uma mesa bem equilibrada, sendo perfeita para uma experiência gastronômica formal.

A posição dos talheres nos permite “ler” o menu. Abaixo, temos um jantar com entrada + primeiro prato com peixe + prato principal com carne. Nesse caso, supõe-se que, para a sobremesa, inicialmente teremos uma fruta, seguida de outra opção com sorvete.

  1. Sousplat
  2. Guardanapo
  3. Menu
  4. Garfo de Salada
  5. Garfo de Peixe
  6. Garfo do Prato Principal
  7. Faca do Prato Principal
  8. Faca de Peixe
  9. Faca de Salada
  10. Prato de Pão
  11. Faca de Manteiga
  12. Colher de Sobremesa
  13. Garfo de Sobremesa
  14. Taça de Água

Mesa Informal

Geralmente, esta forma de montagem se assemelha mais ao nosso dia a dia.

Aqui trago um exemplo para vocês:

  1. Prato
  2. Guardanapo
  3. Menu
  4. Garfo de Salada
  5. Garfo de Jantar
  6. Colher de Sopa/Caldo
  7. Faca de Jantar
  8. Faca de Salada
  9. Colher de Sobremesa
  10. Taça de Água
  11. Taça de Vinho

Observe que, neste caso, as lâminas das facas estão posicionadas para fora – o que não é indicado pelas regras de etiqueta. Mas, acaba sendo uma exceção necessária por se tratar de um utensílio com design arredondado em apenas um dos lados. Confesso que também tenho um jogo de talheres com cabo de porcelana pintados a mão e, para que seja possível mostrar a pintura, tenho que deixá-los dispostos assim.

Esta forma de arrumar a mesa é provavelmente a mais usada. Além de ser a mais presente nas recepções caseiras, é também uma ótima opção para casamentos casuais, jantares intimistas ou qualquer outra ocasião que precise de um pouco mais de descontração, o que um ambiente formal não permitiria.

Acima de regras e protocolos, a mesa posta deve ser vista como um hábito que cultiva e resgata memórias, agregando e fortalecendo laços familiares.

Por isso, na sua casa, permita-se criar e adaptar a mesa à sua vivência e heranças culturais.

Nunca estivemos tanto em casa. Por isso, este é o momento de olharmos para dentro de nós e de nossos lares, fazendo da mesa posta um hábito diário!

Clique aqui e confira 3 passos para criar o hábito da mesa posta no cotidiano da família.

 

Mostrar Aviso
shares
X