Cinco características do estilo clássico na decoração que você precisa saber

Quando se deseja imprimir em um ambiente características como sofisticação, elegância e beleza um estilo que está sempre na moda no mundo da decoração é aplicado. Estamos falando do estilo clássico, caracterizado pela utilização de móveis robustos, tecidos de alta qualidade e materiais que agregam primor, requinte e classe ao ambiente.

Antes de detalharmos o estilo clássico para você se inspirar, vale ressaltar que trazemos aqui no Blog da ABCasa textos sobre as mais variadas tendências em decoração!

Já falamos sobre o estilo tropical e suas principais características, sobre Urban Jungle, estilo que leva um clima de natureza para moradias urbanas e, recentemente, também falamos sobre o estilo Boho, reconhecido por mesclar as mais variadas influências (oriental, étnico, hippie, entre outras).

Voltando ao assunto…

Na arquitetura o conceito clássico necessita de ambientes amplos, com tetos, rodapés e paredes trabalhadas com muitas ornamentações. Assim, é possível transmitir ao espaço toda a imponência em que o estilo se baseia, os antigos palácios europeus dos séculos XVII e XVIII.

Na decoração de interiores o estilo é marcado pela robustez dos móveis e tecidos vistosos como o veludo. Madeiras, geralmente em tons escuros e médios, com linhas curvas e fluidez elegante também se destacam, além de outros elementos como acessórios metálicos em bronze e dourado.

Vamos listar abaixo cinco características do estilo clássico que você precisa saber!

  1. Principais materiais utilizados

Entre os materiais mais utilizados na decoração clássica estão o mármore e a madeira nobre.

O mármore é amplamente utilizado nas cozinhas e banheiros, enquanto a madeira se destaca em mobílias de tonalidade escura trabalhadas em cerejeira, mogno, polissandro, nogueira, entre outras.

As peças têm estruturas torneadas com design antigo (mas funcionais!) e se destacam pela riqueza de detalhes. Já os estofados do estilo são bastante elegantes, ornamentados com o máximo de requinte.

 

  1. Mobiliário imponente

Por falar em mobílias, o estilo clássico se destaca por peças antigas de fato ou envelhecidas propositadamente. Elas acompanham a essência do conceito, levando ao cômodo um ar de imponência, de suntuosidade e com detalhes ricos.

É comum encontrar colunas repletas de ornamentos, bem como os pés das cadeiras, mesas e outros móveis destacando os detalhes.

 

  1. Objetos imprescindíveis

Um ambiente decorado no estilo clássico certamente vai ter uma série de objetos característicos que levarão para o espaço um ar luxuoso. Cristais, pratarias, porcelanas, candelabros, bustos, livros, molduras ornamentadas, arranjos florais e lustres são alguns exemplos que se destacam!

 

  1. Iluminação amarelada

Quando o assunto é iluminação a ideia é remeter ao tipo de luz utilizada no passado. Sabe aquela luz não muito forte das velas das lamparinas? Pois bem, a preferência de luz nos ambientes decorados no estilo clássico é por lâmpadas amarelas que tornam a iluminação mais branda.

É aqui também que entram aqueles grandes lustres de tirar o fôlego, cheios de cristais, posicionados estrategicamente nos cômodos. Lustres, candelabros, candeeiros e abajures de seda também entram em cena na hora de iluminar o ambiente!

 

  1. Paredes

As paredes são outro belo exemplo da imponência do estilo clássico nos cômodos! Enquanto uma delas pode ser escura para ganhar realce, as outras podem ser claras em cores como bege, branco e palha, gerando uma mescla interessante.

Na decoração clássica as paredes também se destacam pelos papeis de parede que surgem com estampas clássicas. Eles podem ser utilizados até mesmo em substituição aos azulejos em banheiros e lavabos, por exemplo. Os destaques são modelos arabescos e texturizados.

Obras de arte antigas também ganham espaço nas paredes, principalmente retratos e natureza morta que combinam com o “ar dramático” do restante da decoração.

Ah, e não podemos esquecer os espelhos! Aqueles grandes com molduras clássicas detalhadas ao pormenor são muito impactantes.

 

Exagero

Cuidado com o exagero, pois ele pode tornar a decoração clássica um ERRO.

Embora a tônica do estilo seja o luxo e o requinte, é preciso ter atenção como na maioria das outras tendências: o bom senso e a dosagem se fazem necessários sempre.

Excesso de relevo, formas, curvas e ornamentos em espaços pequenos podem trazer muita informação e confusão. Para espaços menores, o ideal é utilizar pequenos objetos no estilo, pois a mescla de elementos clássicos com peças de outros estilos proporciona um belo resultado!

Gostou? Então fique ligado aqui no Blog da ABCasa que em breve vamos trazer mais conteúdos e inspirações sobre decoração clássica! Até lá!

shares
X